7 carros que não chegaram a sair para as ruas

Os automóveis sempre foram uma forma de ostentação, e por esse fato, as construtoras sempre tentam inovar, alterar alguns detalhes, a fim de ganhar o consumidor à marca concorrente. Alguns dos carros que lhe vamos mostrar, são apenas protótipos mas outros foram mesmo criados para chegar às ruas do mundo, mas nunca aconteceu, seja por motivos de produção, seja por desagrado do público.

Vamos então passar a mostrar 7 carros que não chegaram a sair para as ruas

Porche Cayenne cabriolet

Porche Cayenne cabrio, 2017.

A Porsche teve esse segredo guardado na gaveta por vários anos, e pôs em prática em 2017. O modelo não convenceu, e não chegou a ser industrializado para o consumidor comum. O suv fica estranho em cabrio não é mesmo?

Ford Mustang Shooting Brake

Ford Mustang Shooting Brake, 1965.

Este Ford Mustang não é um projeto da gigante americana, por incrível que pareça. Foi uma parceria de Barney Clark (publicitário), Robert Cumberford (designer), Jim Licata (amante de automóveis) e uma montadora italiana. O protótipo foi apresentado aos responsáveis da Ford, mas foi rejeitado. Porque será?

BMW M8

BMW M8 1991

A BMW esteve prestes a lançar essa autêntica máquina em 1991. Era equipado com um motor V12 com 550cv, travões e caixa de velocidades de competição, um autêntico animal de estrada. Mas, por motivos ambientais e essecialmente devido à recessão dos anos 90 na Europa, essa belezura nunca viu a luz do dia.

BMW 767iL Goldfish

BMW 767iL Goldfish, 1999

Novamente aparece a BMW nessa lista, dessa vez com este lindo Série 7iL Goldfish, montado para fazer frente ao Mercedes-Benz Class S. Com um motor V16, debitava 408cv, mas infelizmente depois de alguns estudos, a consultaria da época aconselhou a marca alemã a focar no 750i como suficiente na luta pelo mais vendido do segmento.

Mercedes C112</h3

Mercedes C112 (1991)

A Mercedes queria trazer o seu carro de competição, Sauber C11, para a rua, e para isso concebeu este magnífico Mercedes C112, em 1991. O supercarro era equipado com motor V12 6.0, com mais de 400 cavalos, leve, baixo, uma maquina de rua. O carro chegou a ser apresentado para o público, onde mais de 700 pessoas fizeram a encomenda do automóvel, mas a Mercedes não tinha confiança na estabilidade do protótipo e acho melhor deixá-lo na prateleria.

Porsche C88

Porsche C88, 1994

Outro Porsche que aparece na lista, mas dessa vez não se trata de um super carro ou de um carro de luxo, mas sim de um carro de baixo custo. Nos anos 90, a China se queixava de não existirem modelos ocidentais a pensar nos costumes asiáticos, e Porsche quis se envolver nessa questão. Em apenas 4 meses, desenvolveu esse Porsche C88, um carro totalmente contrário à identidade da marca alemã. A coisa não correu bem, pois os chineses ao invés de comprarem o modelo C88, copiaram-no para as suas montadoras, o que tornou esse projeto uma completa perca de tempo e dinheiro para os alemães.

Ford Comuta

Ford Comuta, 1967

A Ford nos anos 60 lançou um protótipo a fim de chegar ao consumidor das grandes cidades do mundo. Era um experimento de carro eléctrico com uma bateria de 12V, metade de um carro convencional na época, atingindo uma velocidade de 40km/h. Provavelmente esse carro foi lançado fora do seu tempo, pois vimos algumas das suas especificidades aplicadas hoje em dia: o tamanho, em modelos com o Smart ou Pegoeut 108, e a questão eléctrica, que é a próxima evolução dos carros do consumidor comum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.